Tempo de leitura: 3 minutos

Aproveitar a luz natural para ler um bom romance ou até mesmo para estudar é o ideal no que se refere ao conforto visual.

Porém, dependendo do horário disponível para realizar essas atividades, ou até mesmo das condições climáticas, é quase impossível não utilizar luz artificial com o objetivo de melhorar a iluminação para leitura.

Entretanto, não adianta iluminar o ambiente com qualquer lâmpada ou luminária. Na verdade, é preciso encontrar um equilíbrio, visto que tanto a luz muito forte quanto a muito fraca prejudicam nossos olhos.

Então, qual deve ser a iluminação adequada para leitura? É isso que vamos tratar neste artigo. Acompanhe e veja quais lâmpadas e luminárias você deve escolher!

Intensidade

Como apresentamos acima, para o conforto visual, é necessário um equilíbrio na luminosidade. A luz artificial deve trazer o efeito da luz natural para não forçar a visão.

Quando a luminosidade é muito forte, nossas pupilas se fecham e, ao contrário, quando é muito fraca, elas se dilatam. Esses dois extremos são prejudiciais à saúde, podem ocasionar dor de cabeça e causam cansaço quando precisamos estudar.

Lâmpadas

Existe uma variedade de lâmpadas no mercado. Você deve escolher aquela que oferece uma iluminação para leitura adequada e que se encaixa no seu objetivo.

No caso da leitura, você precisa de concentração, certo? Então, o ideal são as lâmpadas brancas frias, que estimulam a atenção, diferentemente das amareladas, que propiciam o relaxamento e podem deixar o leitor com sono.

Você pode verificar o rótulo das lâmpadas para obter essas informações:

  • 3.500 K a 4.000 K (tonalidade amarela);
  • 6.000 K a 6.500 K (tonalidade branca fria).

Se você está estudando para provas, o ideal são as brancas frias; se, por outro lado, você tem o hábito de ler na cama até para estimular o sono, aposte nas amarelas.

As melhores opções são as lâmpadas fluorescentes ou led. A segunda opção é a mais indicada pela economia, durabilidade e até pela estética ao ambiente.

Luminárias

O que é melhor: uma luminária de chão, de mesa, spot ou abajur? Tudo vai depender do seu ambiente e dos seus móveis.

Uma escrivaninha de estudos pede uma luminária de mesa, em que você pode direcionar a luz para seus livros e cadernos. Além disso, você pode instalar um pendente, que também permite uma iluminação dirigida. Já uma luminária de coluna ou de chão tem um efeito incrível ao lado de um sofá, divã ou poltrona.

Para a luz não incomodar a leitura, a dica é deixá-la a 50 cm do livro. Por isso, escolha objetos articuláveis para trazer um conforto visual. Se possível, escolha luminárias com dimmer, que permitem também regular a intensidade da luz.

Um abajur é um objeto que fica muito bem em mesinhas laterais na sala ou no criado-mudo do quarto. Os spots de parede podem fornecer luz direcionada na sala.

Sem sombra

O importante é fazer um projeto da iluminação de acordo com o tamanho do ambiente. Você deve instalar os pontos de luz evitando fazer sombras nos locais de leitura, pois isso também atrapalha.

É preciso escolher com muito cuidado a iluminação para leitura. Entretanto, com lâmpada, luminária e intensidade de luz adequadas, você consegue render nos estudos ou devorar as páginas da obra do seu autor preferido sem se cansar.

Gostou das informações para criar um ambiente harmonioso com uma adequada iluminação para leitura? Acompanhe outras dicas seguindo a nossa página do Facebook!