Tempo de leitura: 4 minutos

Você já deve ter percebido que os pendentes estão tomando conta das revistas, sites e mostras de decoração. Essa nova tendência é uma ótima aliada para compor o ambiente com muito estilo, além de ser bastante funcional.

Entre várias outras possibilidades, eles podem ser usados para destacar alguns itens especiais, fornecer pontos de luz, deixar a área mais aconchegante e dar aquele toque de charme no cômodo. No entanto, a instalação de pendentes requer alguns cuidados especiais, como o cálculo da altura adequado.

Para que o efeito final do seu pendente não seja nada menos do que o esperado, separamos hoje um pequeno guia sobre a instalação desse produto. Acompanhe!

Como calcular a altura para a instalação de pendentes

Os pendentes de luz têm a virtude de iluminar um ambiente com elegância e charme. Muito mais do que um ponto de iluminação, eles também são utilizados como objetos de decoração e, por isso, são peças essenciais na casa dos mais antenados.

A altura ideal é aquela que garante a função primordial do item — a de iluminar —, mas também deve ser colocado de forma que não atrapalhe a circulação da casa e que ainda seja confortável para os moradores.

Por isso, para cada ambiente, existe uma recomendação diferente. No quarto, por exemplo, o pendente deve ser colocado a uma altura que substitua o abajur, enquanto, sobre a mesa de jantar, a sua disposição não pode dificultar as conversas durante a refeição.

Confira abaixo algumas indicações de altura para os principais usos dos pendentes!

Sala de jantar

Como usar

O melhor lugar para posicionar os pendentes na sala de jantar é sobre a mesa. Assim, é possível criar uma atmosfera suave e intimista para as refeições.

Se você é fã de decorações coloridas, é um bom objeto para apostar. Certamente, a peça será um dos focos de atenção, dando mais vida ao ambiente.

Extensa linha de Pendentes LED –>

 

Altura ideal

Para que o pendente não atrapalhe a visão daqueles sentados à mesa, é preciso se preocupar com dois referenciais de altura: o piso e o tampo da mesa. Assim, ele vai propiciar a iluminação adequada, sem incomodar os indivíduos nesse aspecto.

Sobre o tampo da mesa, o ideal é respeitar uma distância de 70 cm a 90 cm. Em relação ao piso, a cúpula do pendente deve estar a uma altura de 140 cm a 150 cm.

Caso você opte por dispor o pendente sobre uma região sem móveis, a altura em relação ao piso deve ser mais alta — veja sobre isso mais abaixo.

Sala de estar

Como usar

Para as salas de estar, o posicionamento mais comum dos pendentes é sobre as mesinhas de centro ou de apoio (laterais). Cada uma delas possui funções diferentes, por isso as alturas recomendadas também variam.

Nesse ambiente, a preocupação é similar à da sala de jantar: os pendentes não podem ficar no caminho da visão dos moradores e visitantes, para não atrapalhar as conversas e recepções. No entanto, nesse cômodo, as pessoas também tendem a ficar em pé e a circular bastante pela área, por isso a altura deve ser maior.

Altura ideal

Em relação à mesa de canto, a função do pendente é a de dar destaque a objetos de decoração e itens afetivos, como porta-retratos e pequenas esculturas. Por isso, a altura sobre ela deve ser de 30 cm a 50 cm sobre o tampo.

Já sobre o tampo da mesa de centro, a instalação do pendente deve respeitar uma distância de 150 cm a 170 cm.

Cozinha

Como usar

O pendente pode ser usado de diversas maneiras na cozinha. Ele pode iluminar áreas de preparo, ilhas de cocção ou bancadas usadas como apoio para refeições.

Uma boa iluminação na cozinha pode transformar esse item em uma extensão da sala de estar. Com certeza, ele fará com que seja muito mais agradável cozinhar enquanto você recebe os amigos e familiares.

Uma linha de pequenos pendentes sobre um balcão de cozinha americana, por exemplo, pode dar ao cômodo um ar de elegância intimista, que vai fazer da sua casa o ponto de encontro preferido dos amigos.

Altura ideal

Sobre as áreas de preparo e ilhas de cocção, a altura deve permitir a livre movimentação pela cozinha, sem gerar riscos de acidentes. Por isso, o ideal é que a distância da cúpula ao chão seja de 200 cm.

Por outro lado, sobre as bancadas de refeições, o pendente deve ser posicionado de 70 cm a 100 cm sobre o tampo.

Área sem móveis

Como usar

Não é apenas sobre mesas que os pendentes podem ser dispostos. O uso em áreas sem móveis também é muito útil e refinado. Uma boa dica é colocá-los nos cantos dos ambientes ou ao longo do corredor.

Altura ideal

A circulação em áreas sem móveis pode ser mais intensa, por isso a instalação dos pendentes deve ser feita entre 200 cm e 210 cm sobre o piso.

Quarto

Como usar

Para os quartos, o mais adequado é dispor o pendente às laterais da cama, sobre criados-mudos ou mesas de cabeceira. Assim, eles podem ajudar a criar uma atmosfera mais agradável e intimista para o momento de descanso, com uma iluminação indireta e aconchegante.

Ao lado da cama, eles também podem exercer o papel de luminária, sendo uma fonte de luz para quem cultua o hábito da leitura antes de dormir. Outra grande vantagem dos pendentes sobre a mesa lateral é que, ao substituir o abajur, eles deixam mais espaço livre sobre a superfície — ideal para quem tem espaços reduzidos!

Altura ideal

Os pendentes devem ser dispostos a uma distância entre 30 cm e 50 cm sobre o tampo da mesinha de cabeceira.

Com esses cuidados, a instalação de pendentes pode deixar o cômodo muito mais elegante e charmoso. Isso porque uma boa iluminação faz toda a diferença no décor da casa, sendo um dos truques mais usados pelos decoradores.

Agora que você já sabe tudo sobre a instalação de pendentes, que tal entender um pouco mais sobre a quantidade de pontos de luz necessária para um ambiente? Boa leitura!