Tempo de leitura: 3 minutos

Em casa, no trabalho ou em qualquer lugar, segurança é um ponto importante e que deve ser lembrado principalmente em toda situação de reforma ou mudança de domicílio. E acredite: sempre há novidades no mercado para aumentar o conforto e o bem-estar das pessoas em determinados ambientes.

A iluminação de emergência é um desses itens que garantem maior segurança. O Corpo de Bombeiros obriga o seu uso apenas nas instalações comerciais, mas você também pode utilizá-las na sua casa, pois esse recurso vai facilitar muito a sua vida quando houver um corte de energia, por exemplo.

Veja agora 5 perguntas e respostas que vão te ajudar a entender tudo sobre o assunto.

1. Por que usar iluminação de emergência?

O principal motivo para utilizar a iluminação de emergência é a segurança. Seja em função de sobrecargas de energia ou durante um temporal, pode acontecer de a sua casa ficar sem eletricidade. Nessas situações, a luz de emergência é acionada e você não precisa sair correndo atrás de velas ou lanternas.

Em ambientes comerciais, isso é fundamental para que os funcionários possam se deslocar em segurança pelo espaço.  Também em situações de incêndios, em que a eletricidade precisa ser cortada,  é imprescindível contar com as luzes de emergência.

2. Quais são os modelos disponíveis?

Existem diversos modelos à venda e a escolha dependerá da função a que o recurso se destina. A luz de aclaramento, por exemplo, é usada para iluminar o piso e as escadas e é imprescindível em locais com mais de um pavimento.

A outra função desse recurso é garantir a visualização da sinalização, ou seja, deve ser usado para direcionar e favorecer a movimentação das pessoas no espaço e, nesse caso, a iluminação deve ser instalada principalmente sobre as portas.

Existem modelos com diversas potências e tipos de luminescência. A escolha dependerá do tamanho do espaço. A ABNT NBR 10898 indica as mais adequadas para ambientes corporativos e pode ser referência para residências também.

Existem ainda as luminárias com lâmpadas de LED e fluorescente, sendo a primeira a mais indicada por ser mais durável e menos impactante do ponto de vista ecológico.

3. Como funcionam esses tipos de iluminação?

Em geral, as luminárias de emergência têm uma bateria interna recarregável que deve assegurar, no mínimo, 1 hora de funcionamento. No entanto, muitos modelos funcionam por mais tempo.

Conectadas em uma tomada ou ligadas na eletricidade o tempo todo, esses equipamentos acendem automaticamente quando há falta de energia no ambiente. Depois de utilizar a iluminação, você deve garantir que a bateria seja carregada. Se esse recurso não for automático no modelo que você usar, fique atento, pois será necessário que acioná-lo manualmente.

4. Como instalar a iluminação de emergência?

A instalação das luminárias de emergência é relativamente simples e pressupõe a criação de pontos de luz no ambiente. Posicione-as em locais altos e fixe-as na parede. No caso de iluminação de escadas, uma boa solução é usar os modelos de embutir.

Outra demanda é a disponibilização de pontos de energia para ligar o aparelho. Se você não sabe como fazer isso, o ideal é chamar um profissional para cuidar da instalação.

5. E como deve ser a manutenção?

Para fazer a manutenção e garantir o funcionamento e durabilidade de cada luminária, alguns procedimentos são necessários. O primeiro ponto é garantir que estejam sempre carregadas.

Depois, vale a pena observar algumas situações específicas. Se não surgir, dentro de 2 ou 3 meses, nenhuma emergência que acione sistema , desligue as lâmpadas da tomada para simular uma queda de energia, deixe a luz descarregar totalmente e depois recarregue as baterias de cada dispositivo.

Por outro lado, se foi necessário usá-las, providencie o carregamento o mais rápido possível para garantir que estejam funcionando se você precisar novamente.

Agora que você já sabe bastante sobre o funcionamento e as formas de utilizar esse tipo de iluminação, que tal conhecer agora vários tipos de iluminação de emergência e escolha a mais adequada para sua segurança?