Um espaço confortável e relaxante para descansar na área externa de casa é o sonho de muitas pessoas. Se você possui um jardim ou espaço externo, com certeza já deve ter pensado em investir em um cantinho para apreciar a natureza e ter momentos de paz com familiares e amigos. Para essa ocasião, o pergolado é a solução ideal, além de ser lindo, traz charme ao espaço, seja ele uma área com piscina, um jardim, ou um espaço externo simples.

A gente ouve falar muito sobre o pergolado na hora de compor esses ambientes externos. Mas afinal de contas, o que é isso?! Além das funções práticas do dia a dia, esta estrutura simples também pode transformar o quintal no seu espaço externo preferido.

Nesse post, vamos te explicar tudo sobre essa estrutura clássica e moderna que está fazendo muito sucesso nos projetos de paisagismo!

O que é pergolado?

Originalmente, os pergolados (também conhecidos como pérgolas) eram utilizadas na área de cultivo da uva, pois permitiam que os galhos das plantas crescessem horizontalmente, o que facilitava a colheita.

O pergolado nada mais é do que uma estrutura em pilares ou colunas que sustentam um “telhado” com vigas modulares, geralmente de madeira, utilizada em áreas como jardins, varandas, quiosques e fachadas. Esse telhado pode ser coberto com vidro ou outro tipo de material ou não ser coberto, permanecendo apenas com a estrutura aberta, dando uma iluminação natural ao espaço.

mulher sentada sob um modelo de concreto

O pergolado brinca com a iluminação do lugar, podendo criar efeitos de sombra translúcida e enriquecendo ainda mais o ambiente. Além disso, por conta dos vãos criados entre uma viga e outra, o pergolado também proporciona ventilação na medida certa para o espaço. Esta estrutura também é frequentemente utilizada como suporte para trepadeiras na entrada da casa, que depois de crescerem e envolverem a estrutura, formam um belo caminho de sombra.

Onde usar o pergolado?

pergolado de madeira com cama no quintal

A estrutura em pergolado é muito utilizada em projetos arquitetônicos como área de descanso, justamente pela proteção contra o sol que é criada com as vigas para a decoração de áreas externas e jardins. Também são muito utilizados como extensão de uma fachada, criando uma unidade entre áreas internas e externas.

Para eventos e casamentos externos, ele também fornece o equilíbrio entre o rústico e o sofisticado, servindo como altar para os noivos e criando uma atmosfera romântica. Outra opção para deixar o pergolado interessante é colocar tecido em forma de cortina nas vigas, como se fosse um forro, pois pode trazer ótimos efeitos à decoração. Para quem gosta de estar em contato com a natureza, as redes de bambu são uma excelente opção para ambientes com sombra.

pergolado decorado com plantas e bancos

Materiais como aço, ferro, bambu e concreto também são bastante usados na hora de produzir um pergolado, mas a madeira é o mais clássico. Para te ajudar a escolher o melhor modelo de pergolado, vamos detalhar cada um deles!

Qual a melhor madeira para pergolado?

pergolado de madeira vazado na neve

O pergolado de madeira é, com certeza, o mais usado nas áreas externas. Mas não é por acaso: uma madeira forte e de qualidade oferece a resistência necessária contra a exposição ao sol, à chuva e às tempestades, além de ser linda!

Teca

A madeira teca é uma das mais utilizadas no meio naval, por ser super resistente. Por isso, um pergolado produzido com esse material é certeza de algo duradouro! Esse tipo de madeira não empena, pois possui conservantes naturais que resistem às variações do clima, como humidade do ar, sol, frio, temperaturas elevadas e chuva. Aqui no Brasil ela é cultivada por meio de plantio, porque é uma espécie vinda de fora.

Ipê

O ipê, por ser uma madeira de lei, também possui grande durabilidade e é resistente ao apodrecimento, possuindo alta resistência ao ataque de fungos e cupins, esta madeira fica ótima sobre decks. A cor do ipê pode ser parda ou castanho com reflexos amarelados ou esverdeados, de alburno branco-amarelado. Sua superfície é sem brilho e de textura fina.

Jatobá

O jatobá é uma madeira muito usada para construir postes e dormentes. Possui uma qualidade superior, além de ser forte e resistente. Muito apreciada no mercado pelo tratamento e coloração impecáveis ​​de sua superfície (varia do laranja-vermelho ao vermelho-marrom), diferenças sutis que conferem à madeira um tom quente. O jatobá impressiona não só pela beleza e acabamento, mas também por ser muito resistente a cupins e fungos.

Eucalipto e Pinus

O eucalipto e o pinus também são bastante utilizados em paisagismo, principalmente de jardins. Mas é importante realizar um tratamento para evitar fungos e cupins antes de utilizá-lo! Porém. É uma opção que pode ser utilizada em vários tipos de projetos e tem como principais características seu tom levemente amarelado e a alta resistência. Esses dois tipos de madeira possuem alta densidade e dureza ao corte, garantindo muita resistência e durabilidade ao material, que pode ser usado em áreas internas e externas.

O pergolado precisa ser de madeira?

passagem com pergolado e plantas

Não. Como já falamos, existem outros materiais bem resistentes que você pode usar. E tem mais: mesclando eles, você também consegue uma composição super bacana! Confira abaixo várias dicas de produtos que podem ser utilizados.

Alumínio

Uma das principais preocupações de quem investe em uma decoração externa é a durabilidade do material. O pergolado de alumínio é resistente à chuva, ao calor e a outras intempéries e, por isso, bastante procurado para compor estruturas de pergolado. Esse tipo de proteção oferecida garante segurança, comodidade e é a estrutura ideal para os ambientes que precisam de uma cobertura a mais, seja de vidro ou plástico. O alumínio é um dos materiais melhores utilizados e mais populares para móveis e decorações em geral.

Ferro

Já o ferro é bastante versátil – inclusive financeiramente! A estrutura em ferro é uma opção mais duradoura e com menos manutenção que os modelos tradicionais em madeira ou bambu. Dependendo de suas preferências, a estrutura em ferro pode te fornecer um ambiente totalmente moderno e despojado ou com um ar vintage, que está super na moda! São ideias para planejar jardins, pois a estrutura pode ser uma boa pedida para criar um cantinho moderno e aconchegante, como esse espaço com mesa e cadeiras.

Concreto

O concreto já dá um ar mais pesado e industrial ao ambiente, mas também é super adaptável a vários estilos. Costumam ser de cimento, tijolos ou concreto e fazem parte da estrutura da casa. Usando a própria cor natural do concreto ou colorindo, você consegue brincar com a composição do ambiente. É funcional e protetor, ótimo para o sombreamento, além de trazer beleza e exuberância para o local quando decorado com plantas e acessórios, pois sua versatilidade combina com vários tipos de materiais e vários estilos de decoração.

E claro: para que seu ambiente possa ser usado em dias de chuva ou até mesmo para se proteger contra o sol, alguns materiais como o policarbonato e o vidro podem ser utilizados como cobertura.

As pérgolas de concreto também podem estar integradas aos muros da casa, tanto na entrada como desempenhando o papel de teto em garagens, varandas ou espaços perto da piscina. Também são utilizados para o corredor de entrada de uma casa ou de um edifício. O desenho, que acompanha todo o percurso do corredor, dá um ar elegante ao projeto e ao ambiente.

Depois de escolher o material para a estrutura do pergolado, você precisa decidir se deseja cobri-lo, para então escolher um material mais adequado para a sua cobertura.

Policarbonato e Vidro

O vidro é um material bastante durável, mas o policarbonato dificilmente irá quebrar. Além disso, a chapa plana, como também é conhecida por ser fina e reta, geralmente dura para sempre, desde que haja manutenção. Em relação ao preço, então, essa grande durabilidade é uma vantagem bastante significativa, já que é a cobertura para pergolado mais cara encontrada no mercado.

Bambu

O bambu também pode ser utilizado, principalmente por trazer um ar litorâneo para a estrutura. Geralmente, são utilizadas plantas como trepadeiras para esta composição.

É preciso ponderar bastante as opções para definir qual o melhor material para a sua construção!

Como instalar um pergolado?

Como já dissemos anteriormente, o pergolado é muito usado para deixar um ar requintado no ambiente, ainda mais se acrescido de plantas e flores ornamentais para formar um belo jardim.

Se você deseja construir ou instalar um pergolado, o primeiro passo é avaliar o espaço e a mão de obra. Ele pode ser aplicado tanto em áreas externas quanto internas, porém, tudo vai depender do espaço que você possui.

Para começar a planejar a instalação da pérgola, depois de definir o local ideal para montar a pérgola, você precisará realizar a medição de todo o perímetro de acordo com o tamanho que deseja.  A seguir, escolha o tipo de material que você gostaria de compor o pergolado. Como mostramos acima, há diversas opções para você escolher.

Determinar o layout também é importante, pois é necessário saber qual o tipo de estrutura mais adequada para o seu ambiente, qual o formato mais indicado e qual a função que ela vai desempenhar.

Por último você vai precisar estruturar as vigas no contra piso de concreto ou na terra, caso for um jardim, para a sustentação da pérgola, e montar a sua estrutura. Aproveite o espaço da pérgola para colar móveis de jardim, espalhados criando um clima aconchegante e muito agradável. Utilize na decoração, vasos de plantas, como as trepadeiras e tecidos nos vãos da pérgola para criar um efeito fluido e espetacular.

Como iluminar um pergolado?

iluminação para pergolado de madeira

A gente sempre fala por aqui, mas não custa relembrar: a iluminação é essencial para oferecer conforto e praticidade ao ambiente. No pergolado, não poderia ser diferente!

Por ser um ambiente externo, ele já conta com uma iluminação natural muito bacana. Mas, se for um quiosque com churrasqueira, por exemplo, onde você irá preparar alimentos, ou mesmo um local para aproveitar à noite, luminárias e lustres podem ser grandes aliadas.

Na decoração, o grande truque para quem quer criar um ambiente aconchegante no pergolado é utilizar apenas a luz amarela. Ela ilumina tanto quanto a branca, mas deixa o local mais acolhedor. Além disso, a flexibilidade de iluminação do pergolado oferece diversas formas de colocação da luz direta ou indireta.

De uma forma geral, a iluminação indireta, produzida a partir de arandelas nos pilares ou na parede, pendentes ou abajures, costuma tornar o clima mais romântico.

Confira como utilizá-las abaixo.

Luminária para pergolado

A luminária de trilho é uma peça-chave para o seu pergolado. O design dessa estrutura também realça a decoração e cria um clima de relaxamento.

Bastante utilizada em pergolados de madeira, com suas cores quentes, esse tipo de luminária faz do ambiente um local aconchegante.

Além do mais, como o foco de cada spot pode ser direcionado para onde quiser, você pode investir na decoração que seja mais a sua cara e destacar objetos-chave!

Lustre para pergolado

Os lustres, por si só, já fornecem um ar de sofisticação ao ambiente. Os lustres para pergolado, então, nem se fala!

Geralmente eles são combinados com outros tipos de iluminação, como a de trilho, por exemplo, que dão um charme bem especial.

Os lustres para pergolados são mais utilizados em locais que se precisa de uma iluminação mais direta, vinda do alto, como para cozinhar, por exemplo, ou na hora da leitura!

Arandelas para pergolado

Outra proposta que atrai os olhos conferindo muito charme ao pergolado de madeira, são as arandelas. Elas podem ser utilizadas nos pilares ou paredes. Elas também podem ter função decorativa imprimindo personalidade e identidade ao projeto.

As arandelas estilo retrô, estão super em alta, são versáteis e aproveitam ao máximo a iluminação. O que deve ser observado ao usar este tipo de luminária, é sua altura de instalação, para prevenir ofuscamento nos olhos, e também, para que a arandela, com seu tamanho mais robusto, não fique em circulação ou passagem.

Para algumas áreas, pode ser usado um sensor de movimento, que só liga a luz quando percebe algum movimento. Em locais onde você deseja manter a iluminação a noite toda, use o sistema de programação para acender as luzes ao entardecer e apagar ao amanhecer.

Agora que você já sabe tudo sobre pergolado, que tal se arriscar e investir nesse tipo de estrutura?! Para não ficar de fora, assine a nossa newsletter e receba as melhores dicas sempre em primeira mão!