Tempo de leitura: 3 minutos

Ninguém gosta de locais sombrios, não é mesmo? A escuridão remete a solidão, tristeza, vazio, e pode até abalar nossa saúde. Não é à toa que a arquitetura vem valorizando cada vez mais a iluminação natural nos projetos residenciais. Mas como clarear ambientes escuros em uma casa que já está pronta?

É sobre isso que falaremos neste artigo. Continue a leitura e veja 5 dicas certeiras para dar vida nova a qualquer tipo de ambiente!

1. Fique de olho na cor, no tamanho e na posição dos móveis

Você deve estar pensando: “o que os móveis têm a ver com isso?” Pois bem, saiba que características como tamanho, cor e posição do mobiliário podem interferir diretamente na quantidade de luz que o ambiente recebe.

Sofás, armários e estantes menores ou com tonalidades mais claras facilitam a entrada e o reflexo da luz solar. Portanto, evite peças escuras ou com grandes dimensões, principalmente perto de portas e janelas. A mobília baixa e reta é a mais indicada para amenizar o efeito de escuridão.

2. Invista em vidros e espelhos

A transparência ajuda a difundir a luz. Logo, móveis e arranjos que contêm vidro e acrílico permitem maior fluidez da claridade que vem de fora ou das luminárias presentes no ambiente. O mercado oferece diversas opções de produtos com essas características: mesas, cadeiras, nichos, prateleiras e suportes sofisticados.

Os espelhos, por sua vez, são soluções práticas para quem deseja clarear ambientes escuros sem fazer muitas mudanças. Eles ajudam a ampliar o espaço e refletem toda a luz disponível. Só é preciso garantir que o reflexo da luz do sol ou das lâmpadas seja direcionado para pontos estratégicos, a fim de evitar incômodos aos olhos.

3. Mude a cor do piso e das paredes

Paredes e pisos com cores claras e neutras não só favorecem a reflexão da luz, como também aumentam a sensação de claridade e frescor. O branco nunca falha, mas outras cores, como bege e tons pastel, por exemplo, são excelentes. A escolha vai depender da decoração e do seu gosto, é claro!

Se ainda assim quiser pintar uma parede com uma cor mais forte, escolha a menor delas para fazer esse tipo de trabalho. Outra sugestão é criar combinações entre as cores das paredes, do piso e dos móveis para gerar efeito de tom sobre tom. Quanto ao piso, os revestimentos mais indicados são cerâmicas, madeiras claras e porcelanatos brilhantes.

4. Considere instalar ou substituir janelas

Fica difícil melhorar a luminosidade quando há pouca luz chegando ao ambiente. Janelas pequenas ou mal posicionadas podem comprometer o aspecto de um cômodo e torná-lo uma verdadeira caverna dentro da sua casa.

As janelas tradicionais (de abrir) que encontramos por aí não são práticas e muito menos indicadas para quem valoriza claridade. Os modelos estilo guilhotina, veneziana, camarão e basculante também devem ser evitados. Para realmente favorecer a entrada de luz, invista em janelas de vidro blindex, oscilo-batente, de tombar e bay window.

5. Utilize iluminação adequada

Dependendo da sua residência, soluções simples como as claraboias podem mudar completamente o visual de um cômodo. O cantinho escuro se transforma em um espaço claro e arejado. Quanto mais você puder aproveitar a luz natural, melhor!

É claro que a iluminação artificial continua sendo necessária e precisa ser bem planejada. A tradicional lâmpada central deixou de ser regra há muito tempo. O ideal é posicionar as luzes de modo que todo o espaço seja contemplado.

Por fim, saiba que as lâmpadas de LED são as opções mais vantajosas para qualquer tipo de projeto de iluminação residencial, afinal de contas, são econômicas e eficientes.

Agora você já sabe como clarear ambientes escuros na sua casa! Nem todas as dicas precisam ser adotadas, pois tudo depende das características e necessidades de cada lugar. O mais importante é você se sentir bem no espaço de moradia.

Gostou do artigo? Que tal acompanhar nosso trabalho por meio das redes sociais para receber outras dicas incríveis sobre iluminação? Vai lá! Estamos no FacebookYouTubeInstagramGoogle +Pinterest e Twitter.