Tempo de leitura: 4 minutos

É difícil encontrar uma pessoa que não tenha boas memórias ao pensar em cinema. Pipoca, guaraná e filme bom formam a combinação perfeita para um programa de fim-de-semana com a família e fazem parte do nosso repertório afetivo. Mas você já parou para pensar como a iluminação para cinema é importante para criar aquele clima que só encontramos nas salas de exibição?

Um bom projeto luminotécnico, que distribui bem os pontos de luz no ambiente e dá a ele aquele clima aconchegante que esperamos ao visitar o cinema exige bastante trabalho, mas com lâmpadas de LED você pode fazer uma iluminação de cinema em qualquer lugar. Quer aprender como? Confira o guia completo da iluminação para cinema!

O que é projeto luminotécnico de cinema?

Um projeto luminotécnico é um estudo feito em um ambiente para determinar que tipo de iluminação favorecerá mais o seu uso. Em residências, podem ser feitos projetos luminotécnicos em todos os cômodos, assim como em prédios comerciais. Quando bem feitos, os projetos de iluminação ajudam a aumentar o conforto visual de quem utiliza os ambientes, bem como influenciam na experiência que temos em cada local.

No cinema, projetos luminotécnicos são ainda mais importantes, porque eles garantem que assistir um filme será um acontecimento incrível e você poderá ter a mesma percepção, na sala do shopping, que o diretor teve ao conceber aquela obra.

Hoje, cada vez mais temos trocado o cinema pela Netflix ou outros serviços de streaming, e parte dessa experiência ficou de lado. Mas alguns entusiastas da arte estão criando iluminações de cinema para a sala de TV e repensando como as luzes influenciam no consumo dessa mídia.

Por que um bom projeto luminotécnico é importante?

Mas será que um projeto de iluminação pode fazer tanta diferença assim quando o assunto é uma sala de cinema? Confira, nos tópicos abaixo, como a sua experiência pode mudar com as lâmpadas de LED certas para o ambiente e veja que tipos de lâmpadas não podem faltar para uma experiência de cinema completa em casa.

Foco no filme: retroiluminação de baixa intensidade

Grande parte dos telões de cinema tem um aliado para fazer com que os filmes fiquem ainda mais interessantes: iluminação de baixa intensidade na moldura da tela para chamar a sua atenção para o que está sendo transmitido. Mesmo em casa, bons projetos de retroiluminação levam em consideração o efeito que essa luz de baixa intensidade (que pode ser feita com fitas de LED) tem na experiência de se ver um filme ou série.

Esse tipo de iluminação nos mantém atentos para o filme, mas garante que não cansemos os olhos ao longo do que pode somar mais de duas horas diretas de exposição a telas. Por isso ela é tão importante para criar um clima de cinema.

Acesso a dispositivos: spots embutidos

Outra estratégia para conseguir o aspecto de uma sala de cinema na sua casa é a utilização de spots de LED embutidos em nichos, prateleiras e outros espaços com função similar. Iluminar essa parte da sua sala de cinema doméstica com luzes minidicroicas é um jeito testado e aprovado para conseguir ver todos os seus equipamentos, como o Home Theater e a Apple TV, sem tirar atenção nenhuma da película que está assistindo.

Fora de cena: iluminação para o dia

Uma sala de cinema não vive só de espetáculo: durante o dia é preciso entrar no local, seja para fazer sua limpeza e organização, ou para se valer do espaço com outro propósito. Por isso, não dá para fazer a sala de cinema da sua casa funcionar apenas no escurinho, não é mesmo?

As arandelas são grandes aliadas dos projetos luminotécnicos, oferecendo mais luminosidade para o ambiente, alto conforto visual e sem interferir na imagem da TV. Plafons e spots de teto são outros recursos que você pode utilizar para garantir uma iluminação bacana o dia todo. Utilize dimmers para poder ajustar a intensidade dessas lâmpadas e controlar ainda mais a sua experiência no cinema.

Por que utilizar lâmpadas de LED?

Ao longo do artigo você viu que mencionamos sempre o uso de lâmpadas de LED como a melhor maneira de criar um clima de cinema na sua sala de exibição. Mas por que isso é tão importante? Será que as lâmpadas fluorescentes não podem oferecer resultados semelhantes?

De forma alguma! Embora cada tipo de lâmpada ofereça vantagens e desvantagens, em um projeto como iluminação de cinema as lâmpadas de LED dão de 10 a 0 na concorrência.

Um dos principais benefícios que elas oferecem no ambiente de um cinema é a dimerização. Lâmpadas fluorescentes não podem ser dimerizadas, portanto, não se adaptam às diversas necessidades de iluminação que são importantes para fazer o cinema ser aconchegante. Isso quer dizer que uma sala de cinema com esse tipo de lâmpada ficará sempre com a mesma iluminação, que deixa as pessoas ao seu redor e as imagens na TV bastante plastificadas.

Outro problema que faz com que as lâmpadas fluorescentes sejam menos eficazes é que elas não oferecem iluminação direcionável. Um projeto feito com apenas lâmpadas fluorescentes, portanto, não poderá ter os múltiplos spots de luz que mencionamos aqui.

Embora as lâmpadas de LED sejam um pouco mais caras, elas têm aproveitamento maior, consomem menos energia, emitem pouco calor e oferecem várias modalidades de customização que deixarão a sua sala de TV com cara de cinema.

Além disso, a vida útil das lâmpadas de LED é maior, o que significa que você poderá curtir o projeto luminotécnico da sua sala de cinema por muito mais tempo. Segundo estimativas dos fabricantes, as lâmpadas de LED podem durar entre 25.000 e 50.000 horas. As fluorescentes, por outro lado, apenas entre 8.000 e 15.000 horas.

Em ambientes internos, como as salas de cinema, o projeto de iluminação influencia diretamente em como percebemos um ambiente e o que sentimos dentro dele. Sem a iluminação adequada, até uma tarefa simples como ver um vídeo pode ser pouco prazerosa. Por isso, se quiser montar uma sala que parece de cinema na sua casa, não deixe de aplicar as dicas que mostramos neste artigo.

Pronto para começar o projeto luminotécnico do seu cinema? Entre em contato agora mesmo e faça uma consulta técnica!