Tempo de leitura: 3 minutos

A lâmpada LED apresenta grandes diferenciais se comparada a outros tipos de iluminação. As principais vantagens são a durabilidade e a economia de energia.

Porém, como muitas pessoas não sabem avaliar a equivalência do LED em comparação às outras lâmpadas, muitas vezes acabam comprando algumas que, à primeira vista, são mais baratas, mas perdem os benefícios do LED.

Por isso, neste texto vamos explicar todos os benefícios da lâmpada LED e quais pontos de equivalência devem ser analisados ao escolher a melhor opção para você. Boa leitura!

O que é lâmpada LED?

A lâmpada LED é um tipo de lâmpada que proporciona até 80% de economia em energia, quando comparada aos outros tipos de lâmpadas disponíveis no mercado. Além disso, também requer pouquíssima manutenção e apresenta elevada vida útil.

Existem muitas opções de lâmpadas LED e cada uma delas é mais indicada para uma aplicação ou local específico. A lâmpada LED dicroica, por exemplo, é indicada para estabelecimentos comerciais e lojas. As lâmpadas LED bulbo, para a iluminação em condomínios e residências.

Já as lâmpadas LED tubulares são muito adequadas para hospitais, hotéis e escolas. Para as indústrias, a lâmpada mais apropriada é a LED de alta potência. Todas essas apresentam maior economia que todos os outros tipos de lâmpadas disponíveis no mercado.

Como funciona a tecnologia LED?

A tecnologia LED utiliza o conceito de fluxo luminoso, também conhecido por lúmen (Lm), que é a unidade de luz que uma lâmpada emite. A partir desse conceito, não se analisa mais a quantidade de watts e sim a quantidade de lúmens por cada watt que foi consumido. Ou seja, quanto mais lúmens são emitidos em cada watt consumido, maior será a economia elétrica.

Como avaliar a equivalência do LED?

Além do LED, existem diversas opções de lâmpadas no mercado:

  • incandescentes;
  • fluorescentes;
  • halógenas;
  • refletores de vapor metálico.

Existem alguns aspectos que você deve comparar antes de escolher o tipo de iluminação. São eles:

Potência

A potência da lâmpada está diretamente relacionada ao consumo de energia elétrica, ou seja, quanto uma lâmpada gasta e não o quanto a lâmpada produz. Por isso, quanto maior for a potência, maior o consumo de energia.

A tabela abaixo demonstra a equivalência entre as lâmpadas de LED e outros tipos de lâmpadas:

Tabela de Equivalência entre Lâmpadas LED e Convencionais
Lâmpadas Tubulares LED  LED Convencional Economia de Energia
Lâmpada Tubular LED 9W Fluorescente 20W + 6W 65%
Lâmpada Tubular LED 38W Fluorescente 110W + 33W 73%
Residencial e Comercial LED Convencional Economia de Energia
Spot LED 4W Dicroica Halógena 50W 92%
Refletor LED 10W Refletor Halógeno 75W 87%
Bulbo LED 10W Bulbo Incandescente 60/75W 83%
Industrial  LED  Convencional Economia de Energia
Refletor LED 120W Vapor Metálico/Sódio 250W + 75W 63%
LED High Power 30W Vapor Metálico/Sódio 70W + 21W 67%
LED Outdoor 112W Vapor Metálico/Sódio 250W + 75W 63%

Fluxo luminoso

A equivalência entre as lâmpadas é medida pela comparação entre a quantidade de watts consumidos para uma mesma quantidade de lúmens emitidos. Por exemplo: uma lâmpada incandescente que emite 50 a 80 lúmens consome 20 W, enquanto uma lâmpada de LED consome apenas 2 W.

Já as lâmpadas fluorescentes consomem o dobro de watts que uma lâmpada de LED. Isso significa que, para proporcionar uma mesma iluminação, a lâmpada fluorescente consome 12 W e a de LED 6 W. Enquanto isso, uma lâmpada incandescente consome 50 W.

Durabilidade

A avaliação ideal no momento de escolher a lâmpada está associada à durabilidade. As lâmpadas de LED têm a durabilidade mais alta do mercado.

Enquanto a durabilidade das lâmpadas incandescentes é de aproximadamente 1000 horas e das lâmpadas fluorescentes é de até 8 mil horas, o tempo de vida útil das lâmpadas de LED é de aproximadamente 50 mil horas de uso. Se a lâmpada de LED for utilizada 8 horas por dia, isso significa que ela pode durar aproximadamente 17 anos!

Viu como comparar a equivalência do LED é importante e quantos benefícios podem ser perdidos ao não considerar uma avaliação? Se você gostou deste post, aproveite também para ler como saber qual é a base correta de uma lâmpada LED. Até a próxima!