O cuidado com o meio ambiente é um tema super em alta, imagino que você saiba disso. Na última década, é perceptível uma crescente preocupação da população com a utilização responsável de energia elétrica. Nessa direção, grande parte das pessoas trocou as lâmpadas de suas casas, que antes eram, em sua maioria, incandescentes, por lâmpadas fluorescentes. O consumo sustentável é uma das pautas mais importantes e discutidas da atualidade, seja em eventos ou nos veículos de imprensa. Cuidar do meio ambiente é uma responsabilidade de cada um de nós, tanto os grandes esforços quanto as pequenas atitudes em direção são passíveis de mudar o planeta e garantir a preservação do meio ambiente. No texto de hoje, vamos falar sobre os impactos das lâmpadas fluorescentes na natureza, e como e onde elas devem ser descartadas. Segue a leitura e descubra mais sobre o tema!

O que são lâmpadas fluorescentes?

Lâmpadas

Primeiramente, vamos falar sobre o que são lâmpadas fluorescentes. Essas lâmpadas são constituídas por um tubo o qual possui, em seu interior, um gás de baixa pressão e mercúrio. A maior parte da energia fornecida a essas lâmpadas é transformada em luz, havendo pouquíssima perda de energia. Isso faz com que elas sejam mais econômicas. No entanto, apesar da praticidade, durabilidade e economia dessa lâmpada, ela é composta por mercúrio, um metal pesado, tóxico e prejudicial ao meio ambiente e à saúde humana. Por isso, na hora de descartar o material, é preciso estar atento a alguns cuidados.

Quais os efeitos que o mercúrio provoca?

vintage

O mercúrio é considerado altamente tóxico e ocasiona poluição ao meio ambiente. Quando o metal tem contato com água, ar e solo, devido à contaminação provocada, gera sérias implicações na saúde humana. Além disso, ao ingerir ou inspirá-lo, a pessoa pode desenvolver problemas nos rins, sistema nervoso e sistema cardiovascular. 

A lâmpada LED tem mercúrio na sua composição?

Lâmpadas

As lâmpadas LED não necessitam da utilização do mercúrio, elemento químico que contém elementos tóxicos os quais contaminam o meio ambiente quando não descartados corretamente. A tecnologia LED utiliza do elemento químico diodo, o qual possui boa capacidade de iluminação, sem consumir tanta energia. Toda a corrente elétrica que passa pelas lâmpadas LED é revertida em iluminação e não em calor. Sua alta durabilidade também se converte em economia, devido ao tempo de duração da vida útil do LED, você pode utilizar a mesma lâmpada por anos. Além disso, as lâmpadas LED não emitem radiação UV.

Local adequado para descarte

lixeira

As lâmpadas fluorescentes são compostas, basicamente, por materiais recicláveis como vidro, plástico e metais. Entretanto, devem passar por um processo de descontaminação e, somente, após esse processo os seus componentes podem ser reciclados normalmente.  

O que fazer se a lâmpada fluorescente quebrar?

Iluminação

Em caso de quebra do vidro da lâmpada, resíduos de mercúrio são liberados no ar e, podem causar febre, tremor, sonolência, dor de cabeça e náusea caso seja inalado. Em casos de contato prolongado com a substância, pode haver danos ao cérebro, fígado, pulmões e rins.
Quando a lâmpada quebrar, antes de limpar a área, a primeira coisa a fazer é retirar do local as crianças e os animais, além de não deixar que ninguém toque o material. Ventilar o ambiente também é importante: janelas e portas precisam ser abertas o mais rápido possível. Para retirar os cacos, use máscara facial e use luvas. Coloque o vidro em um recipiente que possa ser lacrado. Use fitas adesivas e papel toalha umedecido para limpar os últimos resíduos que podem passar despercebidos.

Onde descartar lâmpadas fluorescentes?

iluminação

Pontos de coleta são as melhores opções, você deve verificar onde, na sua cidade, eles estão disponíveis. Em locais como hipermercados e lojas de material para construção e materiais elétricos há obrigação de recolher esses materiais para encaminhar até o destino adequado. Em ambiente residencial ou condominial, devido ao baixo volume de lâmpadas utilizadas, uma boa opção é guardar as lâmpadas queimadas para devolvê-las ao fornecedor na próxima visita.

Empresas, instituições, prédios públicos e espaços de grande circulação podem ajudar muito no processo de descarte consciente de lâmpadas fluorescentes. Basta instalar um coletor para lâmpadas usadas em um local de destaque e sinalizar que ali é um ponto de coleta de lâmpadas. Achou uma boa ideia?! Seja um aliado da sociedade em busca de um planeta mais limpo!

Onde você vai descartar suas lâmpadas, já decidiu?!

lâmpadas vintage

Algumas lâmpadas precisam de especial atenção na hora do descarte. Assim como eletroeletrônicos ou baterias, as lâmpadas fluorescentes são compostas por diferentes materiais, que devem ser separados para depois serem reciclados. 

São pequenas atitudes em nosso dia a dia que nos garantem um futuro melhor! Gostou das dicas sobre sustentabilidade? Então, confira os tipos de lâmpadas disponíveis no nosso site