Tempo de leitura: 5 minutos

Ao pensar no projeto de iluminação da casa, todos os cômodos devem ganhar extrema importância. E na hora de escolher suas lâmpadas LED para banheiro, não deve ser diferente. A iluminação para banheiro precisa de um cuidado muito especial que alia beleza, limpeza e funcionalidade.

Por isso, neste post, vamos te ajudar a entender como planejar suas novas instalações de LED para esse espaço dedicado à estética e à higiene pessoal. Da praticidade no dia a dia ao melhor investimento a longo prazo, você aprenderá a fazer as melhores escolhas possíveis. Anote as dicas!

Entenda suas necessidades do dia a dia

Mesmo que você já tenha feito várias pesquisas de referências na internet, o mais importante é pensar nas particularidades específicas do seu projetoQuem desfrutará dos banheiros da casa e como é a rotina da família? Esses são pontos essenciais para você começar a pensar nas lâmpadas que comprará.

De que adiantaria construir um banheiro digno de capa de revista se ele não é funcional para você no dia a dia?

Por exemplo, uma bancada com um espelho enorme, perfeita para fazer a maquiagem ou a barba, mas que não possui a iluminação adequada. Ou aquela banheira dos sonhos ideal para relaxar, mas que, na prática, não tem luzes aconchegantes para um momento de sossego.

Saiba as vantagens das lâmpadas de led para a iluminação do banheiro

Já é mais do que comprovado que o LED é a tecnologia do futuro — aliás, do presente, pois quem conhece seus benefícios não abre mão desse investimento.

Na verdade, as vantagens são as mesmas para todos os ambientes da casa:

  • economia de energia e, consequentemente, uma conta de luz mais barata no fim do mês;
  • nenhuma emissão de calor, o que evita aquele aquecimento desagradável nos focos de luz;
  • 90% da energia utilizada é transformada em luz, enquanto outras tecnologias usam apenas 20%;
  • manutenção praticamente nula, já que as lâmpadas de LED podem durar mais de 10 anos.

Aproveite a variedade para encontrar o led ideal

Além das vantagens práticas, a variedade de opções para encontrar o LED ideal é outro ponto facilitador para a sua obra.

Ao pensar seu projeto, visualize primeiro uma iluminação geral, normalmente focada na luz branca para passar uma sensação de limpeza. Você pode optar por uma lâmpada LED Tubular, um Plafon LED de embutir ou diversos pontos de lâmpadas de formato bulbo.

Depois, ao pensar nos spots de LED dicroica de espelhos e armários, por exemplo, analise quais são as melhores opções. Para os pontos instalados no espelho, lugar onde as pessoas fazem a barba ou a maquiagem, é importante ficar atento ao IRC do equipamento — IRC é o Índice de Reprodução de Calor.

Os modelos com IRC de 80 a 100 são os mais indicados para banheiros, já que reproduzem uma luz mais próxima à natural. Assim, ao fazer uma maquiagem, o resultado final será mais fiel à luz do dia.

Atente também para a temperatura de cor da lâmpada, que é medida em graus Kelvin. Quanto menor o Kelvin, mais amarelada será a iluminação. Quanto maior o Kelvin, mais focada no branco-azulado será a luz.

Iluminar todos os cantos

O banheiro precisa ser um cômodo muito bem-iluminado, principalmente porque é um dos locais mais propensos a acidentes. Caso você não perceba uma região úmida, por exemplo, pode sofrer um escorregão e lesionar o corpo.

Além disso, a sensação de limpeza e higiene é essencial, e uma boa iluminação ajuda a ressaltar as sujidades para manter sempre um aspecto limpo. As lâmpadas de LED com temperaturas mais frias contribuem bastante nesse sentido, pois geram uma maior reflexividade da luz, impedindo que zonas de sujeira fiquem escondidas.

Não podemos nos esquecer também do aspecto sensorial: quando entramos em um banheiro mal-iluminado, instantaneamente isso nos alerta para falta de higiene, mesmo que o ambiente seja bem-cuidado. Então, se você quer ter aquele banheiro que impressiona as visitas e que gera conforto para os moradores, não pense somente nos porcelanatos e acessórios, mas também no projeto de iluminação.

Destacar o mais importante

Todo bom projeto de design de interiores procura dar ênfase a determinados elementos. Essa é uma forma de evitar a sobrecarga dos sentidos dos usuários do ambiente — afinal, eles não saberão para onde olhar, e isso causa uma estranheza muito grande. Nos banheiros, você pode pensar em várias técnicas para destacar os elementos com o jogo de luzes.

Por exemplo, há pessoas que querem destacar bastante a região da pia ou do lavabo. Então, essa região deve receber uma maior densidade de luz. Por outro lado, pode-se dar destaque ao porcelanato, e, para isso, uma iluminação em sanca lateral.

Assim, a própria iluminação acaba sendo uma protagonista. Pensa em todos os banheiros incríveis que você já visitou: provavelmente a primeira coisa que você se lembrará é da estratégia de iluminação. Não é possível criar um ambiente diferenciado sem ela.

Pensar nos aspectos funcionais

Essa é a dica mais importante em qualquer projeto: realmente, pensar na função do banheiro para os moradores da casa. Há pessoas que gostam muito de ler dentro do banheiro, e, então, deve-se pensar em estratégias para reforçar a iluminação ao redor do vaso sanitário ou da banheira.

Outras pessoas já gostam bastante de ficar vários minutos no banho, pois esse é uma momento de relaxamento. Então, é interessante inserir luzes que ajudam nisso. Em outros casos, tem gente que ama receber visitas, o que demanda uma maior ênfase à estética do projeto, o qual pode incluir o uso de lustres, por exemplo.

Usar o plafon

plafon é um tipo de luminária bastante interessante, pois não fica pendente no ambiente e se integra perfeitamente à parede. No caso dos banheiros, isso é muito interessante, pois geralmente são espaços menores e precisam de acessórios mais “clean”. O plafon é ideal, pois é bem-discreto e fácil de ser limpado.

Utilizar as arandelas

Arandelas são as luminárias que são instaladas nas paredes em vez do teto. Isso é muito legal para quem quer criar um design diferenciado, para destacar o porcelanato ou reforçar a iluminação na pia. Para quem faz maquiagem no banheiro, elas dão um reforço extra para a iluminação principal e podem ser utilizadas para contrabalancear as sombras.

Nesse caso, também é interessante instalar lâmpadas de LED, pois elas não se aquecem muito — o que significa que não haverá tanto suor nesse momento. Além disso, as arandelas com braços móveis podem auxiliar quem gosta de ler no banheiro, fornecendo um foco de iluminação nos livros.

Portanto, em geral, as lâmpadas gerais do banheiro podem ser frias, entre 6.000 a 6.500 K. Se você deseja um ponto mais aconchegante, como na área da banheira, invista em spots de LED amarelo, algo em torno de 4.000 K, que proporcionará uma iluminação mais quente e aconchegante. Em todos os casos, é preciso pensar no seu objetivo e em como a iluminação para banheiro contribuirá para a composição do ambiente.

Gostou das nossas dicas sobre iluminação LED para banheiro? Se você ainda tem alguma dúvida ou gostaria de um atendimento personalizado, procure-nos!