Tempo de leitura: 3 minutos

O futebol é uma paixão brasileira e, por isso, construir quadras consiste sempre em uma boa ideia. Nesse sentido, a iluminação de campo de futebol é um elemento primordial, que não pode ser deixado de lado. A luz tem muita influência não só na melhoria da visão durante o jogo, mas também na emoção provocada por ele.

Para ser eficaz, a iluminação precisa ser homogênea, sem sombras ou ofuscamentos. Isso figura como um desafio para o qual o LED pode ser um excelente aliado. Veja, agora, um passo a passo de como montar um bom projeto de sistema de luz para o campo. Boa leitura!

Atente à norma

Independentemente do tipo de projeto que você está desenvolvendo, seja um campo residencial, em um clube ou na rua, é importante conhecer as normas de iluminação para espaços externos e internos. A NBR 8995-1 estabelece os níveis de luminância de ambientes de trabalho, o que pode valer para quadras esportivas também.

A norma orienta, por exemplo, a proteção contra o ofuscamento para prevenir fadiga e acidentes. Além disso, estabelece índices de reprodução de cor, entre outros aspectos.

Use a geometria

Nessas horas é que descobrimos porque estudamos sobre ângulos na escola! Para alcançar um melhor resultado na hora de distribuir as lâmpadas do campo, use a geometria.

Para colocar as luzes laterais, imagine uma linha entre o centro da montagem e a parte da plateia que está mais distante do campo. Essa linha deve formar um ângulo de 25 graus acima do horizonte para que as luzes não obstruam a visão dos espectadores da partida.

Cuidado para não colocar equipamentos de iluminação em um local que forme até 15 graus com a linha do gol. Atrás da linha, não ponha equipamentos de iluminação dentro de 20 graus, para não prejudicar a visão dos jogadores.

No caso de jogos transmitidos pela televisão, é preciso colocar luzes em várias regiões ao redor do campo, de forma a evitar sombras. A ideia consiste em garantir a uniformidade para que todos os lances sejam bem visualizados.

Garanta a boa luminosidade no campo

Para garantir uma boa iluminação no campo, é preciso contar com refletores potentes em todos os pontos do gramado. A iluminância no ponto vertical deve ter acima de dois mil lux e, na horizontal, de mais de 3,5 mil lux.

Os refletores de LED são os mais equilibrados com relação à luminosidade de saída, tempo de vida útil, consumo de energia, índice de reprodução e temperatura de cores. Também é importante instalar dispositivos que ascendam as lâmpadas automaticamente e mantenham o fluxo luminoso durante toda a partida.

Não se esqueça do público

Até agora só falamos do gramado em si, mas o público que vai ao campo também merece uma boa iluminação. É preciso ficar atento à segurança dos torcedores.

Por isso, não esqueça de instalar luminárias públicas, para dar mais segurança na chegada e saída do público, e também luzes de emergência nas arquibancadas para guiar o caminho. Elas devem acender em caso de falta de energia, por meio de um gerador. Nos camarotes, crie ambientes acolhedores, com cores mais quentes.

Em todos os casos, prefira lâmpadas de LED. Elas são mais eficientes para a iluminação de campo de futebol por serem mais duráveis, econômicas e sustentáveis, já que são fabricadas com matéria-prima reciclável e não poluente.

Gostou das nossas dicas? Então deixe sua opinião na caixa de comentários, que fica logo abaixo do post!