Tempo de leitura: 5 minutos

iluminação é um dos elementos mais importantes para compor um ambiente, sendo tão influente quanto a própria arquitetura e outros elementos de ambientação, como o mobiliário, objetos e cores. Ela pode ser natural ou artificial, ou uma mescla das duas. Entre as possibilidades de iluminação artificial, temos a iluminação para teto rebaixado.

Mas afinal, você sabe que tipo de iluminação é essa, quais são suas vantagens? Com o intuito de esclarecer essa questão, preparamos um pequeno artigo especialmente para você. Iniciaremos abordando as vantagens da iluminação para teto rebaixado.

Em seguida, apresentaremos um passo a passo para implementá-la. Por fim, destacaremos a importância de contar com profissionais e produtos de qualidade. Acompanhe!

Confira as vantagens da iluminação para teto rebaixado

Um projeto de iluminação que inclui a iluminação de teto rebaixado apresenta uma série de vantagens, como a diversificação do projeto, ocultação de instalações e lâmpadas e possibilidade de criar iluminação indireta. Falaremos sobre cada uma delas de forma mais aprofundada a seguir.

Diversificar o projeto de iluminação

Uma das principais vantagens que podemos apontar é a diversificação do projeto, pois inclui um novo estilo de iluminação dentro dele, o que impede que se torne frio e monótono.

Ocultar as instalações e lâmpadas

Na ambientação de interiores, há duas estratégias principais que são adotadas: a ocultação ou exaltação de elementos. A escolha do que esconder e do que mostrar varia de acordo com cada proposta. De forma geral, instalações e lâmpadas costumam ser escondidas em linguagens de decoração mais clean e contemporâneas, o que torna a iluminação para teto rebaixado uma boa alternativa.

Possibilitar a criação de iluminação indireta

Uma estratégia bastante valorizada é a iluminação indireta. Ela cria um clima totalmente intimista e evita o ofuscamento, o que é ideal para certos tipos de ambientes. Por proporcionar essa estratégia, a iluminação para teto se torna uma ótima alternativa.

Veja como fazer a iluminação para teto rebaixado

Agora que você conhece as vantagens da iluminação para teto rebaixado, confira em poucos passos como você pode implementá-la.

Defina o tipo de rebaixamento

Uma das estratégias muito utilizadas na construção e ambientação de interiores é o rebaixamento do gesso, a fim de criar um espaço entre o forro e laje, tornando possível a ocultação de instalações e luminárias, além de garantir maior conforto ambiental. A iluminação a ser feita no teto rebaixado depende do tipo de rebaixamento proposto para o local.

Para rebaixar um ambiente, é necessário que o mesmo seja esvaziado em relação aos objetos e móveis, pois a equipe precisará de espaço para inserir os equipamentos necessários para fazer o trabalho, como andaimes. O rebaixamento pode ser feito com diversos materiais, como madeira e PVC, embora o mais comum seja o gesso, por conta de seu excelente acabamento, facilidade de encontrar mão de obra especializada etc.

Escolha os tipos de lâmpadas

Assim como os materiais e formas para rebaixar o forro são muito variados, os tipos de iluminação a serem inseridos são igualmente diversos. Entre as principais opções de iluminação para tetos rebaixados, podemos destacar o spot de embutir, luminária plafon de embutir e até mesmo a fita de LED. Cada um apresenta características próprias e deve ser utilizado para um tipo de ambiente específico.

A luminária plafon de embutir deve ser empregada de forma mais centralizada e como um instrumento de iluminação do ambiente como um todo. Já os spots de embutir devem ser usados para focar a iluminação em ambientes em que ela é mais necessária, como bancadas de trabalho e mesas de refeição. Já a fita deve ser utilizada como mecanismo para destacar elementos e criar a estratégia de iluminação indireta.

Determine o efeito de iluminação indireta

Por fim, é necessário determinar os efeitos da iluminação indireta. Em geral, eles são definidos de acordo com o tipo de forro: sanca aberta, fechada ou invertida, sulcos ou rasgo no gesso.

  • Sanca de gesso fechada: embora seja uma alternativa para o forro de teto rebaixado, não é muito interessante para fins de iluminação, pois não permite a iluminação indireta. Dessa forma, ela deve ser evitada e abrir espaço para as demais alternativas.
  • Sanca de gesso aberta: esse tipo de sanca segue o mesmo padrão da fechada, entretanto, apresenta a possibilidade de iluminação indireta. Em geral, a iluminação para esse tipo de forro é feita com lâmpadas de LED, mangueiras luminosas ou fitas de LED;
  • Sanca invertida: a sanca invertida é semelhante à aberta. A iluminação indireta, nessa situação, é voltada para a parede. Para fazer e executar essa estratégia, é necessário o rebaixamento do forro. O modelo é muito interessante, pois dá a sensação de que o forro está flutuando sobre o ambiente.
  • Sulcos: nesse tipo de iluminação, são preservados alguns sucos entre as placas de gesso. Eles podem ser preenchidos com iluminação das mais diversas formas, como a fita de LED, por exemplo.
  • Rasgos no gesso: uma alternativa de iluminação que contribui para a criação de um ambiente diferenciado são os rasgos no gesso. Em geral, eles podem ser preenchidos com luminárias plafon ou spots de embutir.

Saiba como definir a quantidade e o posicionamento das lâmpadas

Por fim, mas não menos importante, é necessário definir a quantidade de luminárias e os posicionamentos das mesmas, de forma a criar um ambiente confortável, iluminado, aliando utilidade e estética ao ambiente.

Para tal, é necessário conhecer o grau de iluminância das lâmpadas, além de saber onde colocar cada uma delas. A plafon, por exemplo, deve ser colocada de forma central e o spot em bancadas.

Conheça a importância de trabalhar com profissionais especializados

Além de conhecer as principais informações relevantes sobre o tema, é importante que você conte com a consultoria de profissionais e adquira produtos de qualidade para que o seu projeto de iluminação fique satisfatório. Lembre-se: nesses momentos, o barato pode sair caro e você ser obrigado a refazer todo o projeto.

Sendo assim, a iluminação para teto rebaixado consiste numa excelente alternativa para o projeto de iluminação. Entretanto, deve ser apoiada nas estratégias corretas, contar com a consultoria de profissionais experientes e especializados, além de dispor de produtos de qualidade. Que tal adotar esse tipo de iluminação e apresentar um ambiente diferenciado em sua casa ou negócio?

Gostou do texto que fizemos sobre iluminação para teto rebaixado? Então leia este artigo que preparamos sobre iluminação colorida!