Tempo de leitura: 3 minutos

A iluminação é um fator importante na percepção do espaço, pois valoriza cores, texturas e formas. Além da iluminação artificial, um bom projeto deve levar em conta a entrada de luz natural nos ambientes.

Afinal, vivemos em uma época em que economizar e preocupar-se com os recursos naturais do planeta são prioridades, não é mesmo? Portanto, vamos mostrar a importância da iluminação natural, fonte acessível e inesgotável de luz, e como utilizá-la a seu favor. Confira!

A importância da iluminação natural

É imprescindível o aproveitamento da iluminação natural em todos os cômodos, sempre que possível. Sua utilização contribui para diminuir a conta de energia elétrica, garantir uma vida mais saudável para você e para seu imóvel, além de contribuir com o meio ambiente. O uso da iluminação natural colabora também para que as lâmpadas que você utiliza durem mais, já que serão menos utilizadas.

É possível realizar alterações e até mesmo truques para que você aproveite e crie espaços aconchegantes e arejados, que propiciem produtividade, bem-estar e disposição para os usuários.

Como aproveitar melhor a iluminação natural nos ambientes

1. Janelas e portas de vidro

Se está disposto a reformar sua casa, essa é a hora de trocar algumas portas por aquelas que tenham uma parte ou toda sua superfície em vidro; são adequadas para portas de entrada, áreas de serviço e cozinha.

Para as janelas, opte por aquelas de correr com maior superfície de vidro; as janelas sanfonadas, fixas e as Maxim Air também são boas opções quando o assunto é iluminação natural.

O ideal é que os vidros utilizados, principalmente nas janelas, tenham controle solar. Essa tecnologia permite o bloqueio do calor e da entrada de raios UV.

2. Cortinas translúcidas

Para um pouco mais de privacidade e controle da entrada de luz, opte por cortinas translúcidas. Além desses benefícios, elas são peças importantes na decoração dos ambientes; para salas e quartos mais escuros, instale cortinas tipo black out.

Outro tipo de cortina adequado é a persiana, permitindo o controle da entrada de luz solar. Procure optar pelas cores mais claras, para melhor iluminação dos ambientes.

3. Paredes com elementos vazados

Muito utilizados nas décadas de 1950 e 1960 na arquitetura brasileira, os elementos vazados ou cobogós, como também são conhecidos, estão novamente em alta na arquitetura e decoração.

Com eles, é possível criar divisões nos espaços sem perder a visibilidade e a iluminação de um ambiente para o outro. Disponíveis em diversas cores e desenhos, contribuem também em sua decoração.

4. Cores claras

Utilizar cores claras, além de dar maior amplitude visual para o ambiente, propicia um maior aproveitamento da luz natural, dispensando a necessidade de acender as lâmpadas durante o dia.

Opte pelos brancos, beges e madeiras claras para pisos, paredes, mobiliário e objetos de decoração. Você pode escolher algumas cores alegres para poltronas e vasos, por exemplo, para que o ambiente tenha sua cara.

5. Claraboia

Você já deve ter visto na internet, na casa de alguém ou em algum edifício, um vidro fixo no teto. O nome desse artifício é claraboia, já utilizada nos antigos templos romanos.

A claraboia é também um bom investimento, caso queira fazer uma reforma em sua casa, sempre seguindo o projeto estrutural de um especialista. Essa abertura permite a entrada de luz natural pelo telhado, chamada de luz zenital.

Como aliar iluminação natural e artificial

E o que fazer nos períodos do dia em que há menor iluminação natural nos ambientes?

Em conjunto com a luz natural, você pode optar pelas lâmpadas de LED (Light Emitting Diode) para a iluminação artificial. Mais duráveis e eficientes, elas permitem que você economize com energia elétrica.

Por não apresentarem mercúrio em sua composição, são capazes de reduzir a produção de lixo tóxico, contribuindo na preservação do meio ambiente. Além disso, não esqueça de atentar-se às especificações de acordo com o ambiente e o que deseja para ele.

Apontamos aqui algumas dicas para que você aproveite melhor a iluminação natural em sua casa, diminuindo sua conta de energia elétrica e, ainda por cima, contribuindo com o meio ambiente.

Se quer ficar por dentro de outras dicas interessantes sobre iluminação, curta agora mesmo nossa página no Facebook!