Tempo de leitura: 5 minutos

Sabemos que coordenar construção ou reforma não é uma missão fácil. Mas é certo que, fazendo as escolhas corretas, você consegue tornar qualquer espaço o lar dos sonhos da sua família. O nosso objetivo aqui é clarear as suas ideias, e é isso que vamos fazer hoje, mostrando as melhores dicas de iluminação para sala de jantar.

Para iniciar um projeto de iluminação — lembrando que a regra vale para qualquer ambiente da casa — é necessário analisar e levar em conta 3 primeiros pontos: orçamento disponível, estilo da decoração e tamanho do cômodo. Tendo em conta esses fatores, podemos começar o nosso superguia.

Preparado? Então continue conosco!

Como acertar em cheio na iluminação para sala de jantar?

Não importa se a sua intenção é utilizar a sala de jantar apenas para datas especiais ou para fazer as refeições diárias: o cômodo precisa estar bem-iluminado. Isso porque a iluminação correta garante o bem-estar e o conforto das pessoas presentes no ambiente e também confirma a funcionalidade do espaço.

Mas quais são os fatores necessários para conseguir uma iluminação de qualidade? Como fazê-lo de forma simples e eficiente? Isso você confere nas próximas 4 dicas!

1. Escolha a luminária perfeita para a sua sala

Provavelmente você conferiu alguns blogs de decoração e observou algumas fotos de salas de jantar. Deve ter reparado que na maioria — ou em todas elas — há uma luminária central, a qual oferece luz para o cômodo todo.

Sabemos que não é muito simples escolher a luminária perfeita para a sua sala de jantar, por isso, para eleger corretamente alguma, vale a pena observar os principais modelos e conhecer para qual cenário cada um é indicado.

Pendente

As luminárias pendentes são ideais para complementar decorações modernas e descontraídas. Elas possuem diversas cores e texturas, você escolhe as características que mais gostar, e é por isso que tais peças contribuem para a construção de personalidade do cômodo.

Os formatos também são muito variados, mas o circular é coringa, ele encaixa bem com todo tipo de mesa; já os quadrados e retangulares encaixam melhor com mesas do mesmo formato. Se a sua mesa de jantar for muito grande (6 a 12 lugares), o indicado é instalar mais de um pendente, podendo ser do mesmo modelo ou um conjunto de 2 e 1.

Lustre

Os lustres são atemporais, não é mesmo? Encaixam bem em todos os ambientes, e por que não agregá-los na sua sala de jantar? Se você procura por uma peça para iluminar, mas também para trazer requinte e sofisticação, escolha um lustre que inspire a personalidade do ambiente.

Há diversas versões de lustres, os materiais que os formam são diversos e cada um impacta de uma forma totalmente nova. Os de cristal, por exemplo, além do requinte e sofisticação que já foi citado, ofertam também leveza à decoração.

Observe os detalhes de instalação

Caso você escolha luminárias pendentes ou um lustre para iluminar a sua sala de jantar, é importante prestar atenção em alguns pontos a fim de conquistar o bom resultado esperado desde o início do projeto. Veja alguns:

  • para que os seus familiares e convidados consigam conversar entre si na mesa sem que a peça ou a luz atrapalhem a visão, a altura da luminária em relação à mesa deve ser entre 75 a 90 centímetros;

  • certifique-se de que o lustre ou os pendentes estejam centralizados com a mesa e não com a sala;

  • para mesas mais extensas (com 6 lugares ou mais), é necessário incluir mais de uma peça ou um acessório maior — que ocupe pelo menos ⅓ do móvel.

Plafon

Se a sua sala de jantar tem o pé direito baixo, as luminárias estilo plafon LED de embutir com luz direta são as melhores saídas, pois ficam rentes ao teto, iluminam o ambiente e não ocupam espaço.

Já em tetos não tão baixos, os plafons de sobrepor são maravilhosas opções, pois a iluminação se estende pelo cômodo todo e há diversos modelos e estilos. Ou seja, é muito fácil encontrar um que se encaixe na sua sala de jantar. Para acrescentar mais detalhes, vale optar por um modelo com cristais pendentes, por exemplo.

Spot

Essa aqui é uma opção para quem tem ou pretende instalar teto de gesso. A iluminação é dada por spots que ficam embutidos nas sancas do teto e causam um efeito belíssimo, suave e sofisticado. Essa técnica também é uma ótima saída para as salas com teto baixo.

2. Determine os melhores lugares para os focos de luz

Aqui, além de falarmos sobre a iluminação do ambiente, vamos abordar a decoração da sala com auxílio de luz. Utilizar pontos iluminados faz com que os detalhes como quadros, artigos decorativos ou fotografias especiais sejam destacados.

Além disso, se você quiser, por exemplo, iluminar a coleção de vinhos e whiskys da adega na sala, basta embutir alguns mini spots direcionando o feixe de luz para os itens importantes. Outro jeito de acrescentar foco de luz é com as fitas de LED: que tal acompanhar a moldura do espelho com luz? Isso é possível usando a fita, e garante um efeito incrível à peça.

3. Prefira lâmpadas LED

Estamos falando sobre sala de jantar, um lugar de refeição e convívio; considerando esse ponto, é válido escolher lâmpadas de LED porque não esquentam como as incandescentes. Além desse benefício, essa versão também é bastante econômica e muito mais eficiente em relação aos modelos incandescentes.

4. Capriche nos detalhes

Se você seguiu as nossas dicas até aqui, pode reparar que a sua sala de jantar já está muito bem-iluminada. Mas todo projeto precisa de uma boa finalização para conquistar o título de melhor. Por isso, você deve observar e acertar em alguns detalhes, como os que vamos explicar a seguir.

Luz amarela

Escolher a melhor luminária significa metade do caminho percorrido. Agora, você deve escolher lâmpadas de temperatura perfeita. Como estamos montando um projeto de iluminação para sala de jantar, ambiente que significa conforto e aconchego, indicamos luzes mais amareladas, como as lâmpadas LED de temperatura de cor de 2700K ou de 3000K.

Dimmer

Ainda pensando no conforto que o ambiente deve inspirar aos convidados, a instalação de um aparelho dimmer é outro detalhe opcional, mas que se torna indispensável na rotina. Ele permite que você regule a intensidade da luz, o que pode modificar o clima no cômodo e trazer uma considerável economia na sua conta de luz, já que regula o consumo.

Pensar e planejar o projeto de iluminação para sala de jantar garante que você conquiste o ambiente que sempre desejou, oferte o melhor para a sua família e amigos e que, como você pôde conferir nas dicas, economize um bom tanto na hora da compra, instalação e uso dos materiais.

Gostou das nossas dicas? Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para acompanhar mais posts como este.